O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, foi cassado numa ação de investigação eleitoral movida pelo Ministério Público Eleitoral.

A decisão foi publicada nesta quinta-feira (11) no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral. O diploma do prefeito não tem valor legal, decidiu o juiz da 4ª Zona, Hugo Torquato.

O magistrado considerou julgou a corrupção eleitoral –  áudios em que o então aliado de Ilderlei, o ex-prefeito Wagner Sales, tenta subornar um político da cidade. Cordeiro estava na cena do crime.

 

Fonte: AC Jornal
Foto: Divulgação